CURTA NOSSA FAN PAGE

3 de janeiro de 2016

Minha Luta 1 - A Morte do Pai

Karl Ove Knausgard é autor da triologia Minha Luta, considerado como o novo fenômeno mundial de literatura. Livros enormes com 300 a 600 páginas, em cada volume, o escritor norueguês é realmente uma boa revelação para quem curte boas histórias.

O autor tornou-se este fenômeno inesperado por algumas características bem interessantes, na primeira delas a forma de se colocar no livro, em primeira pessoa, sendo Karl Ove o próprio personagem principal. A sua forma corajosa de se mostrar e se revelar é generosa e nos conecta imediatamente com a sua humanidade. Muitas vezes você se emociona por sentir aqueles sentimentos latentes em você.

Também vale a pena a forma como o autor apresenta alguns temas. No seu primeiro volume, em Minha Luta 1 - A Morte do Pai nos leva a pensar sobre a morte, as relações amorosas e familiares, a paternidade e a criação literária.

Em Minha Luta 1, lançado em 2013, no Brasil, Karl conta sobre seu pai, desde sua relação conflituosa na adolescência até a sua morte, onde os preparativos para seu enterro fazem com que o personagem entre em um universo de lembranças e de descoberta de si mesmo.

Se tem uma coisa que incomoda em Karl é seu proselitismo e detalhismo em alguns momentos, por exemplo, no reveillon que passará com alguns amigos e a faxina feita na casa do pai após sua morte. Os dois acontecimentos são narrados em várias folhas (com até 100 páginas!) com extremo detalhismo no ambiente, nas pessoas e nas consequências psicológicas. Algumas vezes repetitivo, mas após a leitura fica-se com a impressão de que cada página era mesmo necessária para aquela construção literária.

Li apenas o primeiro volume, porém o segundo já está aqui Minha Luta 2 - Um Outro Amor, agora focado em nas suas experiências amorosas. O novo volume de 600 páginas parece também interessante, tendo em vista que o autor já dá alguns bons recortes dos seu relacionamentos no primeiro tomo.

Recomendo muito a leitura para quem busca boa literatura, história bem escrita, honesta e uma boa reflexão para vida.

Minha Luta 1 - A Morte do Pai
Companhia das Letras
402 páginas


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.