comidaFoodsGastronomiarestauranterestaurantedfTravel

Hot dog antes ou depois de voar – Blog e-Urbanidade

Brasília oferece opções de comidinhas no aeroporto

Quiosque na área de embarque e desembarque.
Foto: Fabiana Costa

Meu avô voava nos idos dos anos 70 e 80 (século passado) e trazia os talheres da extinta empresa aérea Varig. Gabava-se de saborear um cardápio completo em vários passos para um voo de menos de duas horas no trecho Brasília-Rio de Janeiro (Galeão).

Expectativa X Realidade, hoje as empresas em voos comerciais nacionais  oferecem combinações pouco atrativas e cobram pelos lanches. Não falemos do serviço, que depende muitas vezes do humor dos comissários (treinados pra cuidar da gente em caso de acidente, vale a ressalva).

Para fugir dessa armadilha, em Brasília, o megalomaníaco aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitscheck (AeroJuju pra os nativos) tem uma opção bem interessante para quem parte ou chega com fome. É o Hot Dog Club. Com slogan: Since ever, o quiosque na área de embarque e desembarque aposta nas salsichas gourmet ou artesanais feitas de picanha e filé-mingon (bovino).

Chef dog – Mara
Foto: Fabiana Costa

A atração fica por conta do Chef Dog que traz, a cada três meses, a assinatura de um chef para combinar sabores. A primeira foi a irreverente e inovadora Mara Alcamin do Universal Diner. Sua proposta foi um cachorro-quente bem temperado com maionese de alho, crispy de cebola e molho barbecue.

O tempo passou e o chef Rosário Tessier da Trattoria da Rosário incrementa o cachorro-quente com bacon, mostarda dijon, cebola caramelizada, ervilha fresca e molho especial. O custo é de R$ 27 legais com bebida (água, suco ou refrigerante) e com “cebejaaaa” vai a R$ 30.

Foto: Fabiana Costa

Provei as delícias dos dois chefes e gostei mais das combinações da chef Mara. A apresentação da escolha do Rosário deixou a desejar com as ervilhas (pode ser porque eu não goste da verdinha). Outras opções estão no cardápio e para os vegetarianos a salsicha de grão de bico, batata, farinha de rosca e ovo pode amenizar a fome.

 

 

Aprovado!

Indo ou vindo, vale a escolha!

Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubistchek – Brasília

Instagram: @hotdogclubbrasil

Exibir mais

Fabiana Costa

Jornalista e aventureira na cozinha (faz só gracinha), adora apreciar um bom prato, uma boa receita, uma boa bebida e tem seu fraco nas cervejas – as quais ela chama carinhosamente e intimamente de “cebejaaaaa”. Tem suas raízes no planalto central desse país lindo. Brasiliense da gema, ama umas reticências… Vive com leveza! Sorriso e energia boa emanam com naturalidade dessa leonina. Mãe da Bia, sonha em comer, beber e não engordar!

Posts Relacionados

1 thought on “Hot dog antes ou depois de voar – Blog e-Urbanidade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *