Agende-seartes plásticasexposição em spEXPOSIÇÕES

Retrospectiva Julio Le Parc no Instituto Tomie Ohtake – Blog e-Urbanidade

Le Parc Julio – Foto Divulgação00

A grande retrospectiva de Julio Le Parc, realizada em 2016 no Pérez Art Museum Miami (PAMM), está no Instituto Tomie Ohatake em uma versão adaptada. Com a mesma curadoria de Estrellita B. Brodsky e consultoria artística de Yamil Le Parc, a mostra em São Paulo, com patrocínio do Bradesco, apresenta mais de 100 obras que trazem uma centelha de experiências físicas e visuais.

O artista argentino após mudar-se para Paris, tornou-se, em 1960, membro fundador do coletivo de artistas Grupo de Pesquisa de Artes Visuais (GRAV). Sua obra buscou limpar as estruturas e sistemas que separam espectador de obra. Sua inovação no campo da luz, movimento e percepção foi central para os movimentos da arte cinética e ótica da época.

Esse espírito da arte como ímpeto para empoderamento social move-se pela mostra em três secções temáticas. A primeira, Da superfície ao objeto, reúne trabalhos iniciais em papel e pinturas que mostram o uso de cor como meio de desestabilizar a superfície bidimensional. Também consta nesse segmento, o monumental A Longa Marcha, um grupo de 10 pinturas vibrantes que flutuam ao redor de uma parede arredondada.

Em Deslocamento; Contorções; Relevos, estão os revolucionários labirintos-instalação, de Le Parc exibidos pela primeira vez como parte da participação da GRAV na Bienal de Paris de 1963.

Por fim, Jogo & Política de participação dissolve os muros físicos e ideológicos que separam espectador, obra de arte e instituição. Precursor do movimento de estética relacional, esse período da carreira de Le Parc considera como a arte pode encorajar uma nova consciência sobre o espaço social do indivíduo.

A exposição está disponível até 25 de fevereiro de 2018, sendo uma das boas opções para as férias de verão.

Serviço:
Exposição: Julio Le Parc: da Forma à Ação
Abertura: 25 de novembro de 2018, das 13h às 18h
Até 25 de fevereiro de 2018, grátis
De terça a domingo, das 11h às 20h
Instituto Tomie Ohtake
Av. Faria Lima 201 – Complexo Aché Cultural
(Entrada pela Rua Coropés, 88) – Pinheiros SP –
Metrô mais próximo – Estação Faria Lima/Linha 4 – amarela
11 2245 1900

Exibir mais

Celso Faria

Idealizador e responsável pelo e-Urbanidade. Escritor e agitador cultural. Durante o dia trabalha com muitas planilhas financeiras para depois acompanhar o que acontece no universo cultural e de entretenimento de Sampa e de outras cidades.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *