Agende-secinemafilme

O Jovem Karl Marx – Blog e-Urbanidade

Em cena, Vick Kriep,, Stefan Konarske e August Diehl – Foto: divulgação

O filme O Jovem Karl Marx retrata a revolução de ideias do intelectual tendo como ponto de partida a sua juventude. A narrativa inicia-se em Paris, em 1844, quando Karl Marx (August Diehl) e sua esposa Jenny (Vick Krieps) encontram o jovem Friedrich Engels (Stefan Konarske), filho de um dono de fábrica. Com personalidades distintas, oriundos de boas famílias, eles se completam e presidem a gênese do movimento trabalhista, que até então era feito de forma não organizada.

O diretor haitiano Raoul Peck buscou uma linguagem moderna e fluída para o longa-metragem, fugindo do clichê da imagem de um Marx barbudo, fumando charutos e seguro nos seus dogmas. A Europa dos anos de 1840 são revelados para explicitar a desigualdade social presente na dureza das fábricas na Inglaterra, as ruas decrépitas e nojentas de Manchester (comparadas com uma boa cidade), a privilegiada atmosfera parisienses (residências luxuosas, livrarias, etc.) e a energia e vontade da juventude de mudar o mundo.

Marx e Engels falavam, escreveram e publicaram em alemão e francês, indo de uma língua a outra de acordo com o lugar aonde estavam e com quem estavam falando. Mesmo assim, a maior parte do filme é falado em francês.

O roteiro assinado por Peck e Pascal Bonitzer foi elaborado durante seis anos a partir de fontes diretas para evitar opiniões e interpretações pessoais de editores e cronistas. Combinaram biografias, pesquisas, os trabalhos de Ryamond Aron na Universidade da França e, por fim, as cartas trocadas entre 1843 e 1850 entre os personagens principais.

Assim, O Jovem Karl Marx é um filme necessário e atual, independente do posicionamento político do assistidor. Importante para expor as principais ideias de Marx e Engels, sendo um relevante material de crítica ao capitalismo, culminando na confecção do Manifesto Comunista. Mesmo que o comunismo não tenha conseguido tanto êxito como o capitalismo, seu contraponto é fundamental para compreender os dias atuais e as contradições deste sistema econômico hegemônico.

Exibir mais

Celso Faria

Idealizador e responsável pelo e-Urbanidade. Escritor e agitador cultural. Durante o dia trabalha com muitas planilhas financeiras para depois acompanhar o que acontece no universo cultural e de entretenimento de Sampa e de outras cidades.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *